Nesta quinta-feira (21), quando o mundo celebra o Dia Internacional da Síndrome de Down, o Sport Club do Recife abriu as portas do seu Centro de Treinamento, em Paratibe, Paulista, para receber a equipe da TV Ganhando Asas, ação educomunicativa pioneira na formação audiovisual para jovens e adultos com síndrome de down. Durante a visita, sete jovens  captaram imagens do CT, em foto e em vídeo, que serão divulgadas no canal do Youtube da TV e também nas redes sociais do projeto.

A visita aconteceu das 09h ás 12h. Após tomarem café, eles conheceram a academia, Núcleo de Excelência de Prevenção e Reabilitação no Esporte (NEPRE), vestiários e campos do CT, além da sala de imprensa. O zagueiro Alisson Cassiano recebeu os jovens com síndrome de down e foi sabatinado por eles como se estivesse numa entrevista coletiva, quando revelou sua felicidade de recebê-los no CT.

“É uma felicidade enorme receber vocês no Centro de Treinamento. Sabemos da importância da inclusão e podemos promover uma ótima experiência para estes jovens, que conheceram as nossas dependências e participaram de uma entrevista coletiva”, afirmou Alisson Cassiano.

O projeto Ganhando Asas, da qual a TV faz parte, é um curso de extensão da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap-PE), nas áreas e comunicação e arte, voltado para jovens com síndrome de down e deficiência interlectual. Tem apoio da REC Cultural e é coordenado pela psicopedagoga Flávia Ferraz. “Como temos alguns jovens bastante conectados ao universo do futebol, propomos uma visita ao clube para conhecer as dinâmicas que há por trás da bola”, explica.

Para a educadora do projeto,  André Trigueiro, visitas como aconteceu no Sport é uma possibilidade de aproximar mais das pessoas com Síndrome de Down. “Conviver com estas pessoas nos ensina sobre a diversidade, sobre a pluralidade e que o normal é sermos diferentes mesmo e, nem por isso, precisamos brigar ou nos desrespeitarmos. Essa ideia vale também pras torcidas de times diferentes que também devem se respeitar mutuamente apesar das diferenças”, afirmou.

O material que será produzido após a visita vai tomar como base a Campanha do dia Internacional da Síndrome de Down em 2024 tem como tema: “Chega de Rótulos! Abaixo o Capacitismo!”. Dessa forma, a ideia é que também seja abordada o fim de qualquer tipo de preconceito no futebol e pregando a paz entre as torcidas.