Enquanto vive momentos decisivos nas competições que disputa, o Sport segue fazendo ações para atrair o seu torcedor. O clube está realizando mudança bastante arrojada nas lojas que vendem produtos licenciados. Sai de cena a Cazá do Sport e entra a PST. A primeira unidade que já vive essa transformação é a localizada no Shopping Rio Mar, no bairro do Pina. Além disso, a PST não surge apenas como estabelecimento comercial será uma marca própria do clube. A primeira coleção será lançada no aniversário do Sport, no dia 13 de maio. Enquanto não é a lançada, a nova loja oferece os mais variados produtos: camisas oficiais, agasalhos, canecas, chaveiros.

“A nova marca surge para atender diversas frentes de mercado que observamos nos últimos anos”, diz o vice-presidente de marketing do Leão, Eduardo Arruda. Com a nova marca será possível lançar mais produtos licenciados. “Teremos mais produtos e com a assinatura de uma marca que chancela esses produtos e comunica de maneira clara e também moderna de que se tratam de produtos oficiais do Sport Club do Recife. É uma maneira interessante de ter opções com preços mais populares e atender todos os espectros do torcedor rubro-negro, que independente de situação financeira, quer consumir um produto oficial e ajudar o seu clube da maneira que for possível”, afirma.

Eduardo acrescenta: “Vamos ter mais camisas comemorativas, ser mais ágeis em aproveitar oportunidades de ocasião e, no final do dia, oferecer um universo muito mais rico de produtos para a nossa torcida, como linhas casuais, esportivas, fitness, gamer e uma infinidade de acessórios”.

A criação da marca próxima não significa final de linha no contrato com a Umbro, empresa que fornece o material esportivo do futebol profissional desde 2019. A multinacional segue em parceria firme com o clube. “A PST preenche uma outra lacuna. A gente não vai concorrer com a Umbro. Temos uma excelente parceria, que inclusive já bateu recordes de venda e que está cada vez mais forte. A Umbro é de vital importância para o clube por conta do seu know how global em futebol e pela robustez necessária que se exige quando se fala de atender e fornecer mais de 30 mil peças para o universo profissional do Sport, o que a marca faz de maneira exemplar”, esclarece Eduardo Arruda.