Um dos maiores artilheiros do futebol brasileiro já vestiu a camisa do Sport e fez história. Dario José dos Santos sempre foi daqueles jogadores folclóricos, cheio de frases de efeito e auto referência sem o menor medo de ser feliz. Não é a toa que ficou conhecido como Dadá Maravilha. Nesta segunda-feira (4),  o ex-atacante comemora 77 anos. E a série Memória Leonina, recorda um dos maiores feitos do atacante com a camisa do Leão.

Foi no dia 7 de abril de 1976 que Dadá Maravilha entrou em campo para mais uma partida válida pelo Campeonato Pernambucano para enfrentar o Santo Amaro. O Leão, comandado pelo experiente técnico Mário Travagllini, atropelou: venceu por 14×0. E Dadá marcou 10 gols, quebrando o recorde nacional de maior quantidade de gols por um jogador numa só partida. Antes, Pelé havia feito oito num duelo do Santos contra o Botafogo-SP.

Dadá Maravilha jogou as temporadas de 1975 e 1976 pelo Sport. Foi campeão na primeira. No total, atuou em 108 partidas, marcando 94 gols.

Confira abaixo a escalação do Sport na história partida contra o Santo Amaro, em 1976:

Sport: Tião, Aranha, Silveira, Djalma, Cláudio, Luciano (Assis Paraense), Peres, Hamilton Rocha,  Miltão, Dario e Lima. Técnico: Mário Travaglini.

Gols: Miltão aos 12 e Dario aos 25 e 27´1ºtempo; Dario aos 4, Peres aos 9, Dario aos 11, 13, 15, 18 (pênalti), 24 e 31, Miltão aos 33, Lino aos 35 e Dario, 44 2º tempo.

Informações: site História do futebol e @sportnumeros