O Sport obteve uma importante vitória no tribunal desportivo. O Leão acionou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e conseguiu o efeito suspensivo da pena sofrida referente à final da Copa do Nordeste do ano passado, que proibia a presença da torcida rubro-negra em seis jogos na condição de visitante. Agora, com a nova decisão, o Sport poderá ter a presença dos seus torcedores na partida desta quarta-feira (14), contra o Itabaiana, às 19h, em Sergipe, pela terceira rodada do Nordestão. Os ingressos para a torcida rubro-negra estão à venda a partir das 17h30, no estádio Batistão, local da partida. Os valores são R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). A torcida ficará localizada no setor cadeiras vermelhas.

A punição ao clube rubro-negro aconteceu no ano passado, quando, na primeira partida pela final da Copa do Nordeste, no Castelão, em Fortaleza, o STJD puniu tanto o Leão quanto o Ceará pelos arremessos de cadeiras entre os setores de arquibancadas do estádio. O time da casa foi punido com multa de R$ 5 mil, enquanto o Rubro-negro, além de uma multa de R$ 75 mil, perdeu direito de ter a presença dos torcedores em seis jogos fora de casa.

O pedido de efeito suspensivo feito pelo Sport é baseado no fato de, na partida contra o Ceará, o clube estava na condição de visitante e, portanto, não tinha condições de prevenir e reprimir o fatos ocorridos, pois entende como obrigação do time mandante. Além disso, a punição foi desproporcional em relação ao Ceará, que recebeu apenas uma multa. “Com o êxito, a punição deve ficar suspensa até que haja o julgamento pelo pleno do STJD, que ainda não possui data definida. Estamos confiantes de que conseguiremos, ao menos, diminuir a pena para contar com nossos torcedores, espalhados por todo o Nordeste, em todas as partidas que formos jogar nesta competição”, afirma o Diretor Jurídico do Sport, Silvio Neves Baptista Neto Campos.