No último jogo do Leão em casa, diante do Bragantino/SP, um torcedor rubro-negro portador da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) chamou atenção nas cadeiras centrais do estádio. Rilvan Junior que vem na luta contra a doença há nove anos, não deixou o problema impedi-lo de ir assistir a vitória do Sport por 2×1, na Ilha do Retiro.

Na ocasião, o leonino foi convidado pelo Marketing do Clube para conhecer o elenco nos vestiários e também foi presenteado com o novo uniforme leonino. Rilvan costumava acompanhar todos os jogos do time do coração. No entanto, quando foi diagnosticado com ELA, ficou impossibilitado de ir ao Estádio. Mesmo assim, não desistiu de ver o Clube em ação num grande desafio da Serie B e pôde matar a saudade e comemorar em grande estilo a vitória do Leão.

SOBRE A ELA

A Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença que afeta o sistema nervoso de forma degenerativa e progressiva, e acarreta em paralisia motora irreversível. O tratamento começa com um medicamento chamado riluzol, onde reduz a velocidade de progressão e prolonga a vida do paciente. Fisioterapia, reabilitação, uso de órteses ou de uma cadeira de rodas podem ser necessárias para melhorar a função muscular e o estado de saúde geral, mas ainda não há cura para a doença.