Mantendo o seu compromisso social e a sua tradição de colocar luz sobre assuntos pouco debatidos na sociedade brasileira, o Sport Club do Recife se une a ONG Visão Mundial em torno da campanha “A Grande Jogada”. O projeto tem como principal objetivo reunir fundos para os refugiados da República Democrática do Congo, que fogem de uma guerra civil em seu país e procuram abrigo na fronteira com a vizinha Angola.

No campo de refugiados Lunda Norte, cerca de 35 mil pessoas vivem em situação dramática, a maioria crianças. Elas precisam prioritariamente de alimentos, água potável, remédios e roupas. A bola que corre no campinho improvisado serve como válvula de escape. Agora, com a parceria entre Sport Club do Recife e a ONG Visão Mundial, o futebol pode servir como pontapé inicial para a vitória sobre a desesperança.

“De cabeça e coração, faça a sua doação. A grande jogada é salvar vidas”. Esse é o mote da campanha, que tem três atletas rubro-negros como protagonistas: o volante Fellipe Bastos e os atacantes Michel Bastos e Rafael Marques. Para fazer a doação, é preciso acessar o site da ONG Visão Mundial (www.visãomundial.org/agrandejogada). Clique aqui e saiba mais

“Mantendo a nossa tradição e determinação de servir as causas sociais, nós anunciamos com muito orgulho o engajamento em mais uma campanha fundamental para o convívio social e harmônico entre as pessoas. Nós, juntamente com a ONG Visão Mundial, estamos abraçando a campanha a Grande Jogada é Salvar Vidas. Esse é um dos papéis importantes que uma agremiação do porte do Sport, com a repercussão e o impacto que tem nas mídias sociais e entre as pessoas do Brasil como um todo, teria que apresentar. Vamos todos abraçar essa causa e ajudar os nossos irmãos que estão precisando da nossa colaboração. O Sport é isso. O Sport é dedicação ao próximo, muito mais do que futebol ou desporto em si”, afirmou o presidente do Leão, Arnaldo Barros.

Ao longo dos últimos anos, o Sport vem se notabilizando por seu engajamento social. Algumas campanhas foram bastante premiadas, como a Adote um Pequeno Torcedor. Lançado em agosto de 2015, o programa de adoção tardia permitiu que 18 jovens encontrassem um lar. Outros projetos também tiveram destaque, como Immortal Fans e Mães Seguranças. Por esse compromisso, o Sport decidiu abraçar de imediato A Grande Jogada.

“Nos alegra e nos emociona muito a participação de um clube de massa como o Sport na nossa campanha. Torço muito para que os milhões de torcedores rubro-negros abracem essa causa tão nobre com a mesma garra e paixão que dedicam ao Leão da Ilha do Retiro. Seria uma grande vitória da solidariedade”, disse Maria Carolina, diretora da Visão Mundial em Angola. “Acreditamos que o esporte é uma ferramenta de integração entre pessoas de diferentes classes sociais, grupos éticos, credos e culturas. A intenção é que algo tão apaixonante como o futebol ajude a criar laços de solidariedade e empatia com as pessoas que sofrem essa terrível realidade de serem refugiadas”, completou.

SOBRE A VISÃO MUNDIAL

A Visão Mundial é uma organização cristã de desenvolvimento e resposta às situações de emergência. Está no Brasil desde 1975 atuando através de programas e projetos nas áreas de proteção, educação, advocacy e emergência, priorizando crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidades diversas.