Em processo de reconstrução, o Sport busca incansavelmente recuperar a credibilidade junto a parceiros e investidores, além de incrementar as receitas. E tem conseguido números significativos neste trabalho ao longo dos últimos meses.

Apesar de estar na disputa da Série B, o departamento de marketing do Leão atingiu, neste ano, a arrecadação recorde de patrocinadores no uniforme do Clube: R$ 9,1 milhões.

O montante é superior ao que o Leão obteve junto a uma tradicional instituição financeira, que estampou o padrão do Sport no meio da última década. Até então, esta era tida historicamente como a maior receita oriunda do uniforme.

Já em relação a 2021, quando esteve na elite, o valor é três vezes acima do que o Clube vinha arrecadando até este mesmo período do ano passado. Mesmo atualmente contando com uma maior quantidade de marcas no padrão, inclusive, a receita média com cada patrocínio também é superior em 2022: R$ 910 mil diante de R$ 700 mil em julho de 2021.

“Nosso maior ativo é o nosso torcedor, temos um engajamento acima da média nas redes sociais e uma torcida que consome bastante tudo que envolve o Clube. Ou seja: o Sport tem as ferramentas necessárias para entregar um excelente retorno de mídia para parceiros e investidores. O que precisávamos era resgatar a credibilidade da marca”, destacou o vice-presidente de marketing, Eduardo Arruda.

Atualmente, são dez patrocínios no uniforme que ajudam na credibilidade e a fazer um Sport cada vez mais forte. A lista de parceiros tem: Bet Nacional, Bitci, Moura Dubeux, Champion Watch, Gav Resorts, Energiclin, MonteBello, Cartão de Todos, Quartzolit e Brasilit, além da Wega – que estampou pontualmente contra o Vasco.

“Os ótimos números alcançados nesta temporada vão nos colocando em posição diferente no mercado. O trabalho que está sendo feito é muito importante para recuperar o prestígio e atrelar a marca do Sport à grandes marcas. Nada disso teria sido possível sem a responsabilidade administrativa que o Clube hoje pratica nas mais diversas áreas”, concluiu Eduardo.