A reunião ordinária do Conselho Deliberativo (CD), na última segunda-feira (13), apresentou questões relativas à Sociedade Anônima do Futebol (SAF). A Mesa Diretora recebeu Rodrigo Monteiro de Castro e Rodolfo Riechert, especialistas nas áreas jurídica e financeira, respectivamente, que palestraram sobre o tema.

“O Sport hoje teve a oportunidade, em seu Conselho Deliberativo, de discutir, ouvir, aprender sobre a SAF e suas repercussões. Acredito que cada vez mais estamos entrando nesse universo, que não podemos tomar nenhuma decisão de forma atropelada, mas também não podemos perder esse momento que vive o futebol brasileiro”, destacou o vice-presidente do CD, André Fernandes, que presidiu a sessão.

O encontro, frise-se, serviu para elucidar a temática aos conselheiros, uma vez que a SAF foi um dos quatro pilares traçados pelo Sport para o biênio 2023-2024. Recentemente, inclusive, o Clube fez visitas institucionais ao Coritiba e Cruzeiro para trocar informações sobre a Sociedade Anônima do Futebol e profissionalização.

“O Conselho Deliberativo tem como função pavimentar esse caminho e apoiar o executivo na busca pelo melhor modelo de SAF. Hoje ouvimos várias realidades. Esse mosaico a ser construído será feito por todos os rubro-negros. O que podemos fazer para tornar o Sport maior e melhor?”, destacou André.

Em relação aos convidados, aliás, Rodrigo Monteiro é especialista em direito desportivo e coidealizador da lei da SAF, enquanto Rodolfo Riechert é CEO da Genial Investimentos.

Vice-presidente do Conselho, André Fernandes, ao lado do presidente do Sport, Yuri Romão, durante reunião da última segunda (13). Foto: Igor Cysneiros/ Sport Club do Recife

“Foi de suma importância ouvirmos profissionais que estão em mercados onde a SAF já é uma realidade. Mercados estes em que o futebol já está em outro patamar. E não podemos ficar para trás. O que não significa que a única opção que temos é fazer a SAF. Mas precisamos de conteúdo para tomar essa decisão. E é isso que estamos buscando”, completou o vice-presidente do Conselho.