O Dia das Crianças se aproxima e a data também é um momento de reflexão. Nesta véspera de 12 de outubro, o Sport e a 2ª Vara de Infância e Juventude do Recife unem para ampliar a campanha Adote um Pequeno Torcedor, lançada em 2015, que incentiva a adoção de crianças e adolescentes. Segundo dados do Sistema Nacional de Adoção, em Pernambuco tem hoje 79 crianças e adolescentes aptos à adoção. Em contrapartida, há 1.087 pretendentes disponíveis para adoção, mas desse total, apenas 6% adotariam crianças acima de 7 anos.

A partir do jogo diante do Botafogo, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, 61 crianças e adolescentes da Região Metropolitana estarão na Ilha do Retiro por meio dos bonecos-torcedores, fotos colocadas na arquibancada para marcar a presença da torcida mesmo de longe, devido aos protocolos de saúde da Covid-19. Para o lançamento foram convidadas crianças do projeto para conhecer a Ilha do Retiro e acompanhar a instalação dos bonecos. Toda a ação foi realizada seguindo as orientações sanitárias.

A iniciativa busca dar visibilidade a essas crianças e adolescentes, cujos pais foram destituídos do poder familiar e que são tidas com situação de difícil colocação em família adotiva. Implantado em agosto de 2015, a ação incluía casas de acolhida vinculadas apenas à 2ª Vara da Infância e Juventude Capital, que totalizam 15. Agora incluirá as crianças que participam do Projeto Família, da Comissão Judiciária de Adoção do Estado (Ceja), que vivem nas 77 instituições de acolhimento em todo o Estado.

Mais informações, pelo e-mail do Projeto Família, ceja@tjpe.jus.br, ou telefone (81) 31815953.

ADOTE UM PEQUENO TORCEDOR
Em menos de dois anos da implantação desse programa, até o mês de março do ano 2017, seis crianças e adolescentes foram adotados especificamente em face do Adote um Pequeno Torcedor. Após esse período, outros cinco meninos e meninas que estavam no programa, foram colocados em família adotiva, através do Cadastro Nacional de Adoção-CNA, atualmente denominado Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento – SNA.

Além disso, inspirados pela campanha do Sport, diversos times no Brasil buscaram embasamento junto à 2ª Vara da Infância e Juventude do Recife para que pudessem reproduzir tal campanha em seus Estados.