Jogando com oito titulares formados nas categorias de base, desses, 4 recém promovidos do sub-20, Sport foi melhor no Clássicos dos Clássicos e saiu com empate por 1 x 1 contra o Náutico, nos Aflitos, pela primeira rodada do Campeonato Pernambucano 2020. O gol do Leão foi contra, depois de escanteio cobrado por Pablo Pardal. Erros do árbitro Michelângelo Almeida Junior foram determinantes no resultado final da partida. Próximo jogo do Sport é contra o Vitória de Santo Antão, na Arena de Pernambuco, na próxima quarta-feira (22).

O JOGO

Partida começou com os dois times marcando forte e com alto número de faltas. As melhores jogadas do Leão eram articuladas pelo lado esquerdo. Com mais posse de bola e mais intenso no campo de ataque, o Sport conseguiu seu gol aos 46 minutos. Em escanteio cobrado por Pablo Pardal pela esquerda, a bola desviou no atacante alvirrubro, Salatiel, e morreu mansa no fundo da rede. Placar do primeiro tempo: Náutico 0 x 1 Sport.

Segundo tempo começou com o Leão ainda melhor. Logo no primeiro minuto Leão teve seu primeiro chute perigoso, com Elton. Com a expulsão do lateral Sander, aos 9 minutos, o náutico cresceu no jogo e chegou ao empate aos 18 minutos, em uma bola cruzada na área, desviada em Chico que foi parar na rede.

Com as mudanças feitas pelo técnico Guto Ferreira, entrada de Ronaldo e Cleberson o Sport voltou a dominar o jogo. Aos 26 minutos Adryelson colocou a bola para as redes de cabeça, depois de falta cobrada na área. Mas o juiz anulou alegando impedimento, de forma equivocada.

Sport ainda teve algumas chances de gol, em uma delas, Ronaldo foi atropelado pelo goleiro alvirrubro, falta dentro da área não marcada pelo árbitro Michelângelo de Almeida Júnior. Mesmo fazendo um bom jogo e de ter sido superior ao adversário, Leão saiu dos aflitos com o empate no Clássico dos Clássicos de 2020.