Sport começou bem, tomando a iniciativa do jogo, com a primeira chegada logo aos 30 segundos de jogo. Pela direita, o cruzamento de Norberto passou por todo mundo e a defesa cortou.

Em um contra-ataque do Afogados, aos seis minutos, bola lançada para Rodrigo no lado direito, o atacante dominou e bateu cruzado, abrindo o placar.

Aos 11, Luan chuta, a bola cruza área, antes da finalização de Ezequiel, Thalisson corta. No escanteio, cobrado por Guilherme, Rafael Thyere subiu mais que a zaga e, numa bela cabeçada, empatou a partida. O relógio marcava 13 minutos. Festa na Ilha.

O Sport dominou o primeiro tempo, com maior posse de bola, o Leão foi dono do jogo a partir do gol de empate. Superioridade que prosseguiu até o final do primeiro tempo.

O Leão voltou para o segundo tempo com uma substituição, entrou Elton, no lugar de Hernane (9). O time voltou com o mesmo ímpeto e pressionando a equipe do Afogados desde o primeiro minuto.

Aos 11 minutos, a pressão surtiu efeito. Em falta cobrada por Guilherme, a zaga cortou parcialmente, Ezequiel pega o rebote e, de primeira, de perna esquerda, solta a bomba e vira o jogo para o Leão.

Aos 23 minutos, Guto Ferreira promoveu a segunda alteração no time, Leandrinho entrou no lugar de Guilherme. O Leão continuou marcando a saída de bola do Afogados e pressionando a equipe sertaneja.

Aos 29, Norberto recebeu uma pancada na cabeça e teve que sair. Por questão de segurança, o jogador deu lugar a Raul Prata.

Com o domínio da partida, o Sport seguiu atuando a maior parte do jogo no campo de ataque, em busca do terceiro gol. E, mais uma vez, o Leão foi recompensado pela insistência. Elton recebeu um belo lançamento, dividiu com o goleiro, e, mesmo caído, empurrou para o gol. Fechando o placar na Ilha.

Com mais uma vitória, a quinta no campeonato, agora o Leão chega aos 15 pontos, mesma pontuação do líder, no entanto, assumindo a vice-liderança, por conta do número de gols marcados.