A tarde desta sexta-feira (16/3) marcou a reapresentação dos jogadores do Sport após a bela vitória sobre o Santa Cruz, por 3×0, na última quarta, que garantiu ao rubro-negro vaga na semifinal do Pernambucano. Enquanto os atletas que atuaram os 90 minutos no Clássico das Multidões participaram de uma atividade regenerativa na academia, os demais disputaram um jogo-treino contra a Agape, vencido por 2×0.

Os destaques no campo ficaram por conta do atacante Índio, que marcou os dois gols no jogo-treino, e do meia-atacante Everton Felipe. O camisa 97 foi totalmente reintegrado ao elenco na tarde desta sexta-feira, exatos seis meses após se submeter a uma cirurgia no joelho esquerdo.

Às vésperas de voltar a campo, o garoto de 20 anos não esconde a ansiedade. “Estou muito ansioso, quero voltar a fazer o que mais amo, que é jogar futebol. Fiquei sei meses parado, perdi ritmo de jogo. Mesmo que você faça de tudo para recuperar o condicionamento físico, não recupera. Só jogando mesmo. Então a ansiedade está a mil. Mas tem que conter isso para que, quem sabe, na quarta-feira eu possa ir ajudar o time”, disse Everton Felipe.

O meia-atacante vive a expectativa de retornar no confronto com o Central, na próxima quarta-feira, às 21h45, em Caruaru, pela semifinal do Pernambucano. Voltar em um momento decisivo do campeonato serve de combustível para o camisa 97. “Muito bom voltar na reta decisiva. Agora é trabalhar para ficar pronto e, se o professor Nelsinho precisar, estar disponível para o duelo com o Central”, disse.

SEMIFINAL

O Sport decide uma vaga na final do Pernambucano nesta quarta-feira, quando visita o Central, às 21h45, no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.