Com 14 partidas no ano e duas assistências pelo Sport, Neto Moura tem vivido o seu melhor momento na temporada. Titular nas últimas três partidas do Campeonato Brasileiro, onde o Leão conquistou duas vitórias e um empate, o volante tem se cobrado para marcar o primeiro gol em 2018.

“Estou tendo várias oportunidades, tanto com Nelsinho como com Claudinei. Pude ir bem nesses últimos jogos, tenho feito em campo o que o professor pede, e ele tem me elogiado. Mas tenho na cabeça que preciso melhorar também”, disse o jovem criado na base rubro-negra.

Neto colocou a ida para o América, no início do ano, como fundamental para o seu crescimento, e disse que Claudinei dá liberdade para os volantes chegarem bastante no ataque.

“A marcação era um ponto que eu me cobrava e venho trabalhando para melhorar isso todo dia”, afirmou. “A gente vem jogando com três volantes, e eu e o Fellipe temos liberdade para chegar à frente. Nesse último jogo não tive tantas chances, mas é continuar chegando para ajudar o Sport”, emendou.

MOMENTO

Neto Moura comparou o atual momento com o de 2015, quando surgiu muito bem com o então técnico Eduardo Baptista, quando foi titular e destaque na Copa do Nordeste daquele ano.

“O Eduardo me promoveu ao profissional naquele ano e fiz uma temporada muito boa. Agora é manter esse ritmo, essa pegada, para fazer um grande ano. Preciso fazer gols”, falou.