Do lado direito, o Sport possui Ewerthon, lateral de base no Brasil com mais gols durante o ano. Do esquerdo, Luciano. Que em 36 jogos distribuiu 12 assistências. O “Juba”, como é chamado no Clube, é pernambucano do Recife e chamou a atenção do Leão em 2017, jogando pelo time da cidade. Com 1,76m e mais jovem que a maioria dos companheiros de seu ex-time, era o camisa 10 da equipe, causando sempre perigo ao Leão. Não tardou o final da edição daquele Pernambucano e Luciano receberia um convite para jogar no Maior do Nordeste. Sem nem pensar, aceitou.

Entre todos os jogadores da base, Luciano talvez seja o mais refinado tecnicamente. Qualidade de camisa 10. No Sport, entretanto, virou lateral-esquerdo e correspondeu com afirmação em 2019, depois de um ano anterior mais discreto. Os índices de assistências refletem muito na capacidade de cruzamento e bola longa do jogador, que também alterna com Pablo Pardal a maioria das bolas paradas. Dos escanteios que bate, muito difícil que algum não atinja a cabeça de um companheiro. Na final do Pernambucano contra o Náutico, vencida pelo Leão de forma dramática, isso ficou bem explícito. O Sport fez três gols (um anulado), e todos foram através de bolas paradas cruzadas por ele.

“O Sport é um clube que me recebeu de braços abertos, me acolheu e me fez conquistar vários amigos desde que comecei a atuar aqui. Representa muita coisa na minha vida e espero continuar retribuindo toda a confiança depositada. 2020 é uma oportunidade muito boa para quem subiu agora do sub-20, enxergo como possibilidade de mostrar o que já apresentamos na base e um pouquinho mais, que é sempre necessário para conseguir se afirmar em cima”.

Lateral e meia, ou meia que virou lateral, Luciano guarda suas inspirações de modo separado em cada um dos locais que atuou ou atua no momento.

“Como meia de origem eu sempre me inspirei muito no Iniesta, os gestos técnicos, a capacidade de pensar rápido, as assistências. Admiro muito e fico vendo vídeos dele jogando. Agora, firmado na lateral, olho muito para o Marcelo. Une velocidade com qualidade, intensidade. São inspirações que busco para continuar trabalhando e visando ter sucesso”.