O centroavante Hernane vive a expectativa de marcar o seu primeiro gol no retorno ao Sport. Há três rodadas do Campeonato Brasileiro no Leão, o camisa 9 tem sido a referência do time no ataque, com boas finalizações, e espera balançar as redes neste domingo, contra o Paraná, na Ilha do Retiro.

“O centroavante que não estiver fazendo gol e não ficar incomodado está na posição errada. Vim para o Sport num momento não muito bom, mas vim para ajudar, pois sabia que era um desafio muito grande na minha vida. O trabalho vem sendo feito, o Eduardo está tendo um período bom agora para ajudar o time, e espero que esse gol possa sair contra o Paraná”, disse o atacante.

Porém, diante da necessidade de vitória, Hernane deixou claro que o mais importante é que o time conquiste os três pontos diante dos paranaenses. “Independente de quem fizer o gol, temos que vencer e se possível sair na frente do placar. Se for preciso sofrer, deixar a técnica de lado e ganhar na raça, para que a primeira vitória venha e as demais no restante da competição”, afirmou.

COBRANÇA

Hernane falou ainda sobre o nível de cobrança interna que tem existido, principalmente nos últimos dias.

“O ambiente aqui é bom, sem vaidade. Isso é difícil no futebol e nos favorece. Mas a cobrança tem que existir sim entre nós. Foi uma conversa de incentivo (com o presidente), de que todos estão juntos nesse barco. Algo construtivo, que a gente tem que ganhar os jogos para as coisas mudarem”, revelou.