O bom filho a casa torna. Dois anos e meio depois de sua primeira passagem pela Ilha do Retiro, o atacante Hernane Brocador está de volta ao Sport. Ele retorna ao Clube com contrato até dezembro de 2019 e vai vestir a camisa de número 9 do Leão. O centroavante não esconde a boa expectativa para a sua segunda estadia no Rubro-negro.

“A expectativa é das melhores. Sabemos que o Sport não está numa situação muito favorável, mas só estamos no meio da competição. Temos ainda 20 partidas para tirar o Sport dessa situação”, disse Brocador. “Quero chegar bem e ajudar. Espero poder marcar muitos gols com a camisa rubro-negra”, completou.

Em sua primeira passagem pelo Sport, Hernane Brocador entrou em campo 17 vezes (13 pelo Brasileirão e 4 pela Sul-Americana), tendo marcado quatro gols. Era para o atacante ter estreado bem antes, mas problemas burocráticos com seu ex-clube, da Arábia Saudita, acabou atrasado o primeiro confronto.

“Na minha primeira passagem, tive problemas burocráticos. Meus documentos não chegaram e tive que esperar. Mas quando tive chances, fiz gols e ajudei. Agora não tem nada disso. Estou focado e pronto para ajudar 100% a equipe do Sport”, disse. “Sempre chego para ajudar. Não vou conseguir jogar sozinho. Temos mais dez dentro de campo. Sei da minha responsabilidade, do peso que tenho. Mas quem estiver dentro de campo sempre vai querer dar o melhor e comigo não vai ser diferente”, finalizou.

REFORÇOS

O Sport não pode contratar mais atletas oriundos de clubes da Série A. É que o Leão “estourou” a conta de cinco reforços que são permitidos pela CBF com a chegada do atacante Hernane Brocador, ex-Grêmio.

Antes, o Sport havia se reforçado com: o atacante Rafael Marques (ex-Cruzeiro), o meia Michel Bastos (ex-Palmeiras), o meia-atacante Morato (ex-São Paulo) e o volante Deivid (ex-Atlético-PR).