Sander já é conhecido por não descansar “nunca”, buscando treinar sempre que possível – extrema dedicação até em dias de treinamentos mais tranquilos ou apenas de fisioterapia. Com a parada da Copa, os rubro-negros vão ter 10 dias de folga, voltando ao CT apenas em 25 de junho, mas Sander já se planejou para não ficar parado. Em sua programação, de folga mesmo são apenas três dias, o restante do período já ganhou todo um planejamento de academia montado a pedidos do próprio lateral.

“Esse tempo sem treinar é meio inusitado para mim, mas já planejei os dias de treino na academia com os professores. Programei uma viagem e tenho 2 a 3 dias de descanso, mas depois vou colocar em prática o plano de treinamentos. Vou ver minha família, minha noiva e aproveitar esses dias que meu corpo vai entrar em estado de descanso. Vamos voltar com tudo para a rotina depois desse período”, explicou o jogador.

O último jogo rubro-negro foi diante do Grêmio, nessa quarta-feira (13), com um empate por 0x0. Esse resultado não agradou 100% o lateral, mas que sabe a importância do ponto para não se distanciar do topo da tabela. Foi uma partida em que os erros e acertos serão vistos para o dia 18 de julho, próxima vez que o Sport entra em campo pelo Brasileiro, diante do Ceará, pela 13ª rodada. “Com o término do jogo não gostei muito da nossa pontuação. Ficou um pouco complicado, mas vamos manter o foco e trabalhar em dobro quando voltar o período de treinamentos para buscar a parte de cima da tabela”, disse Sander.

TABELA
O Leão vai para a “parada da Copa” em sétimo lugar na tabela do Brasileirão, com 19 pontos, empatado com a equipe do Palmeiras, mas atrás da equipe paulista pelo Saldo de Gols. A distância dos rubro-negros para o quarto lugar, o Internacional, é de apenas três pontos. Liderando o campeonato está o Flamengo, com 27 pontos.

O próximo adversário do Leão é o Ceará, equipe que está em último com 5 pontos.