O técnico Eduardo Baptista lamentou a segunda derrota sofrida no comando do Sport, após o revés diante do América/MG, por 2×0, na Ilha do Retiro, pela 20ª rodada do Brasileirão. O treinador leonino enfatizou, no entanto, que, com muito trabalho, o time vai dar a volta por cima.

“É uma derrota doída, mas todos têm que acordar nesta quinta e já pensar no Botafogo. Todos somos profissionais, já passamos por momentos difíceis e temos que acreditar. ‘Entrar na cabeça’ deles não é só o caminho. É coragem e trabalho. Temos que ir a campo, dar carrinho, marcar. Todos nós podemos, jogadores, comissão, e isso que vamos cobrar deles”, disse Baptista.

O primeiro tempo da equipe, que criou várias chances de gol, foi elogiado pelo comandante. “Temos condições de repetir o primeiro tempo que fizemos, onde foi executado tudo que foi programado e treinado. A gente saiu contente, embora não tenha feito o gol. Se faltou algo, foi a dobra dos laterais pelo meio, para fazer essa bola chegar mais”, afirmou.

VITÓRIA

Eduardo disse ainda que o primeiro objetivo à frente do Leão é que o time reencontre o caminho das vitórias. “A gente veio com uma convicção de que pode fazer esse grupo dar a resposta. É trabalhar. É fácil ser bom no bom. O difícil é ser bom no ruim. Então a gente tem que se levantar, ter equilíbrio para colocar o time para cima. Nosso objetivo hoje é buscar a próxima vitória. Depois disso é degrau por degrau. E uma vitória no sábado muda o cenário”, falou.