Em jogo em que a torcida do Sport foi o grande diferencial, o Leão venceu o Paraná de virada, por 2 x 1, pela 31ª rodada do Brasileirão Série B, com gols de Hernane e Guilherme. Na raça, o Sport foi buscar a virada após os 30 minutos do segundo tempo. Agora com 56 pontos, Sport está muito próximo da meta de pontos do acesso e se aproximou ainda mais do líder. Próximo jogo do Leão é contra o Guarani, no próximo dia 31, em Campinas/SP.

O JOGO
Sport começou o jogo como se esperava, mandando nas ações de ataque. A prova disso é que logo aos quatro minutos, em uma bola levantada por Leandrinho na área, Hernane cabeceou bem, mas o goleiro fez uma defesa espetacular.

Aos 30 minutos, o lance mais claro do primeiro tempo. Em escanteio cobrado por Guilherme, Yuri subiu no primeiro pau e desviou. Goleiro tirou a bola de dentro da meta, gol do Sport não assinalado pelo trio de arbitragem.

Leão manteve o volume de jogo e a pressão por toda primeira etapa, com bola na trave e “amassando” o Paraná durante os 45 minutos, o 0 x 0 no placar foi injusto pelo que a equipe apresentou.

Empurrado pela torcida, Leão voltou com o mesmo ritmo do primeiro tempo. Chegando ao ataque inúmeras vezes, o Sport tinha mais volume e dominava a partida.

Apesar do Sport estar muito melhor na partida, em um escanteio, o Paraná abriu o placar com Fabrício, aos 28 minutos.

Após sofrer o gol, o Leão foi para cima. Com o apoio da torcida e na raça o Leão chegou ao empate com o artilheiro do campeonato. Aos 35 minutos, Hernane recebeu na entrada da área, dominou, girou e mandou um foguete de canhota, sem chances para o goleiro. Sport 1 x 1 Paraná. E a Ilha do Retiro ferve ainda mais forte.

E no caldeirão da Ilha do Retiro borbulhando não tem como segurar o Sport. De tanto pressionar, aos 41 minutos, Hernane recebeu mais uma na entrada da área, desta vez ele soltou a bomba de perna direita, o goleiro fez uma bela defesa, mas no rebote Guilherme fez a alegria da imensa massa rubro-negra. Virada na Ilha, na raça e na marra. Fim da partida. Vitória maiúscula do Leão.

OUTUBRO ROSA

Para sensibilizar o público presente sobre o mês de conscientização do câncer de mama, 11 mulheres que venceram a doença entraram com os jogadores e deram uma “volta olímpica” na Ilha. O Leão apoia a causa e abraça o outubro rosa.

100 JOGOS DE SANDER

Antes da bola rolar, o capitão Sander recebeu uma homenagem do Sport, pelas mãos do diretor de futebol, Nelo Campos e do executivo de futebol, Lucas Drubysck, o camisa 12 recebeu uma camisa com o número 100.