O técnico Claudinei Oliveira fez questão de valorizar o ponto conquistado no empate por 0x0 com o Internacional, neste sábado (2), no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela nona rodada do Brasileirão. Principalmente, pela forma que o Sport atuou ao longo dos 90 minutos. Um time firme na marcação e que buscou arrancar uma vitória até o fim.

“Conseguimos um ponto importante. O Inter é uma equipe em ascensão, bem treinada. Não vão ser todas as equipes que vão conseguir chegar aqui em Porto Alegre e sair do Beira-Rio com um ponto”, afirmou Claudinei Oliveira, que agora soma quatro vitórias, dois empates e uma derrota à frente do Leão.

O treinador avaliou a partida, com cada time se saindo melhor em uma das etapas. “O Inter achou mais espaço no nosso sistema defensivo no primeiro tempo. Corrigimos no intervalo. O Inter teve uma bola na trave, mas não teve na segunda etapa tantas situações de sair frente a frente com Magrão e de finalizar com condições de gol como no primeiro”, disse. “Voltamos do intervalo mais coesos na defesa. E tivemos chances de fazer o gol”, completou.

Para a partida contra o Atlético-PR, na próxima quarta-feira, na Ilha, Claudinei não poderá contar com o lateral-esquerdo Sander, que recebeu o terceiro amarelo. “É um desfalque. Temos a opção de colocar o Evandro, que é da posição, ou passar o Raul Prata para a esquerda e colocarmos na direita o Fabrício ou o Deivid. Mas vamos descansar, aproveitar esse empate, e lá para a terça-feira desenhar o nosso time para encarar o Atlético-PR”, disse.

Em compensação, Claudinei contará com o retorno de quatro atletas que pertencem ao Inter e não puderam atuar neste sábado: os zagueiros Ernando e Leo Ortiz, o volante Anselmo e o meia Andrigo. Já o lateral-direito Cláudio Winck segue de fora por conta de uma lesão muscular.