Os atletas rubro-negros apostam no trabalho forte para driblar o momento delicado que vive o Sport no Brasileirão. Nesta quarta-feira, foram unânimes ao assumir a responsabilidade pela derrota por 2×0 para o América-MG, na Ilha do Retiro, pela 20ª rodada do campeonato, e concordaram com as críticas da torcida.

“Realmente não tem o que falar. É trabalhar, não adianta. Tem que pensar no próximo jogo”, pontou Marlone. “Fizemos um jogo forte e não estamos contando com a sorte também. A bola bate na trave e não entra. Temos que trabalhar, não tem o que fazer”, complementou Gabriel.

Ernando também compartilhou do mesmo sentimento. “Temos que ser homens nessa situação, a torcida tem razão em cobrar e temos que trabalhar para sair desse momento”, enfatizou.

O próximo compromisso do Leão no Campeonato Brasileiro será contra o Botafogo, no próximo sábado (25), às 21h, no Engenhão.