No comando técnico da equipe sub-20 desde agosto, o ex-zagueiro César Lucena esbanja bons números. Em 22 partidas, o treinador dos Leões da Base esteve a frente de 12 vitórias, sete empates e apenas três derrotas, com aproveitando de 65%. Próximo sábado, um desafio especial. Será a primeira vez que César estará na área técnica em uma final.

Tetracampeão Estadual pelo Sport como atleta, há um sabor especial e diferente, que ele mesmo pontua diferenciando as características de quando era atleta, para a de hoje, onde escala e cuida da parte tática dos onze jogadores que entrarão em campo.

“Você jogando consegue transmitir e colocar a adrenalina para fora através de movimentos, ações que acabam ocorrendo dentro de campo. Elimina a ansiedade durante o jogo. Como treinador até conseguimos antever situações, gritar, orientar os jogadores, mas nem sempre conseguimos passar para o gramado. É necessário um controle maior, um espírito de liderança, para também deixar os meninos tranquilos”.

Falando sobre a preparação para a final, César Lucena enalteceu o grupo, elogiando a postura do elenco no dia a dia, intencionando coroar o trabalho com o troféu nas mãos.

“Expectativa grande, legal. É a minha primeira final como treinador. Estamos vivendo esse momento com alegria, tendo sonho enorme de ser campeão. Os garotos estão se dedicando muito, trabalhando duro, merecem e fizeram por onde. Acredito que sábado será um grande jogo e se Deus quiser vamos sair com essa conquista”.

O JOGO

Marcada para o sábado, às 16h, a final será jogada em partida única nos Aflitos (o mando foi definido depois de sorteio). O torcedor rubro-negro terá acesso ao Estádio no setor de visitantes pelo preço de R$ 10.