Foi com emoção até o último segundo, mas o Sport passou de fase na Copinha. Atuando contra o Grêmio Audax, diante da torcida adversária e dentro do campo do rival, os Leões da Base tiveram excelente atuação defensiva e fizeram o que era necessário para colocar os dois pés na segunda fase da Copa São Paulo. O empate em 0 a 0 também contou com boa contribuição do goleiro Túlio, que como de costume, salvou o time rubro-negro quando foi exigido. Agora, o Leão espera para saber se pegará Oeste ou Cruzeiro, em partida que ainda possui data indefinida.

Apesar de ter adotado uma postura mais reativa, o Sport teve boas chances em contra-ataques bem construídos. Além do clima no estádio totalmente à favor do Audax, o maior do Nordeste também sofreu com a arbitragem, que deixou de marcar dois pênaltis claríssimos que fariam a equipe do técnico César Lucena se tranquilizar dentro do jogo. Em uma dessas jogadas, o meio-campista Ítalo chegou a driblar o goleiro, até ser derrubado na hora de marcar. Logo após, Deyvson entrou no corredor e empurrou para o fundo das redes, mas o gol foi anulado.

Desesperado para conseguir o gol que dava direito a classificação, o Audax colocou bastante a bola na área, mas a defesa leonina esteve presente para afastar os maiores perigos. Destaque para a dupla Pedrão e Pedro Lucas, que tiveram bons ganhos individuais durante os 90 minutos. Quando passava pelos dois, Túlio, na meta, assegurava o bom trabalho e terminou o duelo colecionando mais algumas grandes intervenções.