O Sport acabou perdendo nos pênaltis para Cruzeiro, por 5×3, e se despediu da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No tempo regulamentar, o Leão ficou no 1×1 com a Raposa. O jogo foi realizado na tarde desta sexta-feira (11), em Marília/SP, pela segunda fase do torneio.

A equipe comandada por Wilton Bezerra deixa a competição invicta, tendo acumulado duas vitórias e dois empates. Foram quatro gols marcados e um sofrido. Mikael (atacante) e Alê Santos (volante) foram os destaques do Rubro-negro na Copinha.

O JOGO

O primeiro tempo foi de muita marcação. O Sport, como sempre, estava bem postado em campo e dava poucos espaços para o Cruzeiro. Com uma defesa sólida, o time rubro-negro montou um bloqueio difícil de ser penetrado. E quando a Raposa conseguiu criar, o goleiro Everton estava atento para salvar o Leão, como fez aos 10 minutos, após uma cobrança de falta rasteira. Ele se esticou todo e conseguiu fazer a defesa.

Aos 23 minutos, o adversário conseguiu um chute de dentro da área, mas o arqueiro leonino fez outra bela defesa, com a ponta dos dedos, mandando para escanteio. O Cruzeiro ainda teve uma bola na trave, aos 30. A melhor chance do Rubro-negro Pernambucano foi aos 45 minutos, quando Matheus fez um cruzamento. A bola correu toda a área e passou bem perto da trave. Apesar do Cruzeiro ter ficado mais com a bola, não produziu o suficiente para superar a boa marcação e a tranquilidade da equipe leonina.

O Sport veio com mais intensidade para o segundo tempo e, logo aos oito minutos, abriu o placar. Ewerthon mandou uma bomba de fora da área e acertou o canto esquerdo do goleiro. Aos 17 minutos, o Cruzeiro chegou ao empate. Após cada equipe ter marcado um gol, o ritmo diminuiu. O resultado permaneceu e a decisão foi para os pênaltis.

PENALIDADES

Na cobrança de pênaltis, o Sport perdeu por 5×3. Luciano, Alê Santos e Mikael conseguiram converter, mas Pedro acabou mandando para fora.