O sábado (16) será dia de emoção para os Leões da Base. Atuando às 16h no Estádio dos Aflitos, diante do Náutico, o time sub-20 rubro-negro fará a final do Campeonato Pernambucano. O jogo será partida única e quem ganhar levanta o troféu. Caso for empate, decisão nos pênaltis. Para apoiar o time em um clássico decisivo, o torcedor leonino terá um setor destinado pelo valor de R$ 10.

Vencedor 35 vezes do Pernambucano da categoria, o Leão é o maior campeão da história no estado, tal como no profissional. Contudo, o Sport não vence desde 2017, tendo a chance da reconquista na tarde deste sábado.

Técnico com 65% de aproveitamento e que guiou o Leão até a final, César Lucena admitiu preferência por jogar na Ilha, mas não lamenta o sorteio que direcionou o duelo ao Aflitos.

“Muita alegria viver esse momento de final. Vai ser um grande jogo, contra um adversário que fez ótima campanha. É claro que queríamos decidir em casa, perdemos o sorteio do mando, mas estamos concentrados e tranquilos para ter bom desempenho e buscar o título. A equipe que errar menos conseguirá levar o troféu para casa e espero que seja a nossa”.

Poupados contra o Horizonte do Ceará, Pablo Pardal, Arthur, Pedrão, Rafael e Ítalo devem voltar ao time. Integrado ao elenco profissional na última semana, a presença do artilheiro Mikael é uma dúvida.

CAMPANHA

Para chegar a final do Pernambucano, o Sport teve que se dividir em outras competições. Primeiro o Brasileiro e depois a Copa do Nordeste. Diferente do rival, que se dedicou apenas ao Estadual.

Até a final, o Leão conquistou cinco vitórias, empatou quatro vezes e perdeu uma. Com saldo de 17 gols marcados e 8 sofridos.