Sábado com Clássico das Multidões em dose dupla na Ilha do Retiro! Diante do Santa Cruz, o Sport jogará pelo Sub-15 às 10h da manhã e pelo Sub-17, às 15h da tarde. Embalados, ambas as equipes leoninas chegarão confiantes para os dois clássicos, que marcam também o final da primeira fase dos respectivos estaduais.

Apesar da nomenclatura tradicional de Clássico das Multidões, os portões da Ilha não estarão abertos para receber público, seguindo normas da Federação Pernambucana e do Estado. Contudo, uma boa notícia: as partida serão transmitidas pelo canal oficial da FPF no Youtube. Para ter acesso, é só entrar na página e acompanhar os Leões da Base em um dos jogos mais importantes do futebol estadual, regional e brasileiro.

Atualmente na liderança da primeira fase, o time Sub-15 enfrenta o Santa Cruz ciente de que precisa da vitória para terminar a primeira fase na ponta da tabela. O time também luta para manter-se invicto na competição, em que soma cinco vitórias e um empate nos seis jogos que já foram disputados. A manutenção do primeiro lugar e consequentemente da invencibilidade é importante, já que nas semifinais o Leão poderá mandar o jogo de volta em casa.

“É uma partida especial. Um clássico contra um adversário qualificado e que traz todo um peso e representatividade que é muito importante no enquadro de formação dos atletas da casa. Nos preparamos bem durante a semana e estamos confiantes de que teremos uma boa atuação jogando na Ilha do Retiro”, disse Luan Moreira, técnico do time Sub-15.

A situação do Sub-17 é semelhante. O time entrará em campo contra o Santa Cruz já classificado, mas tentando alcançar o primeiro lugar na tabela. O Leão tem o melhor ataque e a melhor defesa do Campeonato nesta primeira fase, com 33 gols feitos e apenas cinco sofridos, em seis jogos. O alto número de gols chama bastante atenção, até pela série recente, aonde o time fez 24 gols nos últimos três jogos. Confiança em alta, para bater de frente contra um adversário que teoricamente será mais parelho.

“Vamos encarar o Santa Cruz com a mesma seriedade que encaramos os todos os adversários do Estadual. O trabalho e a filosofia que aplicamos no cotidiano não mudou em nada. Notoriamente, há um peso maior por se tratar de um grande clássico, com toda a mística que sempre é atuar na Ilha do Retiro. Mas isso é um fator positivo a mais. Eleva a motivação, fomenta o DNA dos atletas com a instituição e agrega no intuitivo de ter maior concentração e foco a cada lance disputado”, declarou Sued Lima, comandante do Sub-17.