A três dias da estreia no Brasileirão de Aspirantes, o técnico Júnior Câmara vem intensificando a preparação do Sport para a partida diante do Paraná, nesta quinta-feira (23), às 15h. Na tarde desta segunda, o comandante leonino fez dois trabalhos com bola: inicialmente usando equipes em campo reduzido e em seguida realizando um coletivo.

Para Câmara, o importante no momento é harmonizar ao máximo o elenco, que contará com algumas peças que desceram, momentaneamente, do time profissional. Casos de Lucas, Chico, Vicente, Pedro Maranhão e Pablo Pardal.

“Tivemos meninos da base que desceram do profissional e estão nos reforçando, em conjunto com outros que trouxemos bem interessantes. Cada um veio em cima de um perfil determinado pela direção do Clube. Existe um modelo, uma identidade, que foi definida dentro da base e fomos atrás disso. É um conjunto extremamente rápido, técnico e agudo. O modelo do Sport, agressivo com e sem a bola”.

Sobre as expectativas para a competição, o treinador falou do seu primeiro adversário e de como o Leão deve entrar em campo contra ele.

“Estamos a 72 horas de entrar em campo e é importante não ter tanto esforço físico, mas ao mesmo tempo tentar deixar a equipe em boa harmonia. Equilibramos o desempenho físico com a formação tática, o entendimento do jogo e a ideia que queremos passar para o campo”, explicou.