Erguendo o imortal escudo, o Sport venceu mais uma vez o Clássico das Multidões, um dos duelos mais importantes e tradicionais do futebol brasileiro. Dessa vez pelo Pernambucano Sub-17, o time rubro-negro foi representado com bravura, imposição e talento. Vitória final por 2 a 1, tendo, dentro do jogo, outras hipóteses para um placar mais largo. Com o resultado, conquistado na tarde desta quarta-feira (13) no Ademir Cunha, os Leões da Base conseguiram classificação antecipada às semifinais da competição. Destaque para o centroavante Porto, autor dos dois gols rubro-negros.

Do início ao fim foi o Sport que tomou as rédeas do jogo. Com início forte, e gol logo aos seis minutos do centroavante Porto, o time leonino teve muitas situações para abrir uma vantagem confortável e tornar o jogo tranquilo. Mas como clássico é clássico e vice-versa, o Santa Cruz conseguiu, em um lance isolado, aproveitar uma rara oportunidade no último minuto da primeira etapa. Ao intervalo, parecia inimaginável que o Sport desceria para os vestiários sem a vitória assegurada no braço, por tudo que aconteceu e tamanho havia sido o domínio.

Achar o gol deu confiança ao Santa Cruz, que voltou mais disposto ao ataque e quase conseguiu virar na parte inicial do segundo tempo. O Sport, porém, foi aos poucos retomando o controle. Voltando a dominar e criar situações. Em uma dessas, em contra-ataque de alta velocidade, o goleiro deu rebote após finalização cruzada, e Porto, exercendo o papel de camisa 9, encontrou as redes novamente. 2 a 1 Leão e placar assegurado até o final. Apesar da  vantagem mínima e perigosa, o goleiro Thiago pouco teve que intervir até o último apito do árbitro.

Vitória assegurada, classificação para as semifinais de forma antecipada, mas com muita responsabilidade. No sábado, às 15h, o Leão encontra o Náutico, em novo clássico, dessa vez na Ilha do Retiro.