O departamento de futebol de base do Sport Club do Recife anuncia a contratação de Lucas Nóbrega para a função de Coordenador de Captação de jogadores. O profissional chegou ao Clube nesta segunda-feira (19) e iniciou os trabalhos no CT José de Andrade Médicis, onde conheceu as instalações e integrantes do corpo técnico do Leão.

A criação do cargo de Coordenador de Captação de atletas faz parte da modernização e estruturação que a base do Clube vem passando – fruto, em partes, do direcionamento da verba da venda de Isac para melhorias no setor. Exemplos disso, dentre outros, são as obras no apart hotel e a construção de uma academia para o departamento.

Natural de Olinda, o mais recente trabalho de Lucas Nóbrega foi no Bahia, durante cerca de um ano e meio – por lá, integrou o núcleo de prospecção de jogadores para as categorias de base. Ele também passou pelo Retrô, como analista de mercado, e pelo Athletico, onde foi observador técnico da base.

Dentre as especializações que Lucas Nóbrega possui no currículo, aliás, estão: cursos de gestão técnica pela Universidade do Futebol; análise de desempenho na CBF Academy; e pós-graduação em futebol pela Universidade Federal de Viçosa.

“Já tinha recebido uma sondagem no início do ano, que acabou não fechando. E agora com João Marcelo (coordenador geral da base) foi tudo muito rápido, com poucos dias acertamos tudo. A expectativa para mim é gigantesca porque acredito que o departamento de captação é de extrema importância para o futuro do Sport”, disse Lucas.

A chegada do profissional vai ampliar ainda mais a capacidade do Clube de captar e trabalhar jovens talentos, e, consequentemente, pavimentar o futuro do Sport. Lucas Nóbrega também falou sobre o assunto e o desafio no Leão.

“A mudança de patamar do Sport a longo-prazo passa muito por isso e fico satisfeito de ver o Clube enxergando dessa forma, me apresentando um projeto rico, altamente estruturado. É algo que me deixa extremamente motivado para o início do trabalho”, afirmou.

“E o desafio vai ser proporcional a tudo isso que falei. O Sport é uma marca gigante no Brasil e que precisamos potencializar cada vez mais esses jovens valores de Pernambuco e do Nordeste, trazendo-os para as nossas categorias de formação e junto com eles alcançar nossos objetivos propostos”, concluiu.