Em jogo eletrizante no Estádio do Arruda, o Sport venceu o Corinthians por 3 a 2 e voltou a somar três pontos no Campeonato Brasileiro Sub-20. A vitória frente ao time paulista foi com a cara e o DNA do Leão. Aguerrido, com raça, futebol propositivo, rápido e a crença de um resultado positivo até o final. Saindo duas vezes atrás do placar, os Leões da Base empataram, persistiram e no fim veio a coroação, com gol já nos acréscimos, que fez justiça ao que os 90 minutos mostraram. O Centroavante Flávio Souza, o meio-campista Ronald e o atacante Cristiano, retornando ao time, fizeram os gols rubro-negros.

Partida da 15ª rodada, o duelo mostrou novamente a força do Leão jogando com mando de campo dentro do Recife, independente do Estádio. Dessa vez no Arruda, o time manteve o retrospecto positivo em Pernambuco, onde só perdeu uma vez, ainda na estreia, em um recorte de sete jogos. Dessa vez, batendo de frente e sendo superior diante de um Corinthians forte e embalado, equipe qualificada que vinha de três vitórias seguidas e 13 gols marcados nos últimos três jogos do Campeonato. Tendo, na última rodada, goleado o Bahia por 7 a 1.

Sem se intimidar, até por defender uma camisa pesada e de grande exigência, os Leões da Base iniciaram mostrando forte ímpeto logo no início. Bola na trave, chance clara na frente do goleiro, lances promissores com erro no último passe. Muito volume, mas que acabou com ducha de água fria quando em um raro ataque os visitantes acharam o gol, em uma bonita trama, já na reta final da primeira etapa.

A injustiça e o banho de água fria teve lugar em outro contexto. Novamente impondo grande pressão, o Sport chegou ao gol de empate. Cruzamento de Diego, escorada de Paulinho e lindo gesto de Flávio. Com muita frieza, o centroavante limpou o goleiro e mandou no alto da rede. O gol da virada parecia questão de tempo, mas, novamente, o Corinthians aproveitou um raro ataque para concluir com sucesso, outra vez em um lance de muita qualidade. Foi o traço do jogo em que o Leão mais teve dificuldade e o único que fez a equipe adversária, mais confiante, ocupar o campo ofensivo por mais tempo.

Na área técnica, já que o treinador Ricardo Severo estava suspenso, o auxiliar João Barros trabalhou em conjunto e mudou o esquema. Três zagueiros, soltando os dois alas e prendendo dois jogadores mais fixos no comando de ataque. A alteração surtiu efeito e mais uma vez o Sport assumiu o controle. Em linda jogada rápida pela esquerda, bola de pé em pé: Victor Gabriel, Paulinho, Ronald, Flavio, Ronald. Golaço coletivo e do meio-campista que faz grande competição. O jogo ficou outra vez empatado.

O melhor estava guardado para o final. Aos 47 minutos, Weverson achou fôlego que não parecia ter mais. Driblou bonito, arrancou e deu cruzamento perfeito. Cristiano, voltando ao time Sub-20 após longo período no elenco profissional, apareceu no meio da pequena área e concluiu para uma bonita e merecida virada. Seu terceiro gol em quatro jogos no Brasileiro. 3 a 2 Sport, com emoção até o fim!

Próximo desafio dos Leões da Base será novamente pelo Nacional, dessa vez fora de casa, contra o Grêmio, no sábado, dia 18.