O Sport fez uma boa partida e conseguiu vencer com certa facilidade o FF Sports-AL na estreia da Copa São Paulo. Com gols de Alê Santos e Mikael, o Leão bateu o time alagoano por 2×0, na tarde desta quinta-feira (3), no estádio Antônio Viana da Silva, em Assis/SP, pela primeira rodada do Grupo 4. O técnico Wilton Bezerra destacou a importância de vencer no primeiro jogo da Copinha, além de exaltar a atuação do volante Alê Santos, que, de falta, marcou o primeiro tento do jogo.

“Foi uma vitória importante. Uma estreia sempre é um jogo diferente, ainda mais em um campeonato com esse nível, como a Copa São Paulo. Independentemente do adversário, sempre há uma ansiedade maior. Graças a Deus a gente conseguiu o mais importante, que foi vencer. A equipe se portou bem e Alê Santos foi, mais uma vez, o principal destaque da equipe”, disse o treinador.

O Rubro-negro da Praça da Bandeira ficou com um jogador a menos desde o primeiro tempo, quando o lateral-direito Eldder foi expulso. Para Wilton, a expulsão atrapalhou e o time poderia ter construído um placar melhor. No entanto, o comandante ressaltou que vencer foi fundamental, pois o resultado deu confiança ao elenco para os próximos jogos.

“A expulsão atrapalhou, o jogo poderia ter sido muito mais fácil. Poderíamos ter saído com um placar mais elástico. Mas não vamos lamentar por isso, temos algumas coisas para corrigir, e saber que largamos na frente é importante. Isso dá mais confiança e tranquilidade para conseguirmos a classificação”, concluiu.

O próximo compromisso do Sport na Copinha será neste domingo (6), quando enfrenta o Vitória da Conquista-BA, às 15h (horário do Recife). O time rubro-negro soma três pontos, liderando ao lado do Vocem-SP, mandante do grupo, que venceu o Vitória da Conquista na estreia, também por 2×0.

DESFALQUES

Wilton Bezerra poderá ter até dois desfalques para a partida contra o Vitória da Conquista. O lateral-direito Eldder já está fora, por conta da expulsão, e o volante Vinicius sentiu o joelho – virando dúvida para o duelo ante o time baiano. O atleta será reavaliado pelo médico Diego Pires.